Como fazer uma Auditoria SEO de Alto Nível em Apenas 7 passos

Todo projeto de SEO deve obrigatoriamente começar por uma auditoria cujo relatório dará origem ao planejamento estratégico e tático, assim como, as metas de curto, médio e longo prazo. Aprenda como fazer uma Auditoria SEO em 7 passos. 

Além de analisar minuciosamente o site em questão, uma auditoria SEO de qualidade tem que englobar análises competitivas e mercadológicas, bem como, projeções para definição de metas e objetivos do projeto.

Pro tip: para agências e consultores de SEO, não deixem de incluir as projeções de crescimento e potenciais ganhos que as otimizações podem trazer ao negócio do cliente. Isso pode ser um fator decisivo na contratação de um trabalho recorrente.

Como fazer uma Auditoria SEO?

Na Hedgehog utilizamos uma metodologia que vem sendo aperfeiçoado há mais de 10 anos e pode ser aplicada a sites, blogs e lojas virtuais dos mais variados tamanhos e áreas de atuação.

A metodologia é dividida em 7 etapas, são elas:

  1. Discovery Session
  2. Solicitação dos acessos: Google Analytics, Search Console, CMS, etc.
  3. Análises: cenário atual, concorrentes, técnicas, on-page, off-page, ux e acessibilidade
  4. Projeções de crescimento e definição das metas
  5. Plano de Ação a.k.a Planejamento Estratégico e Tático
  6. Confecção do relatório da Auditoria SEO
  7. Apresentação e Entrega do relatório da Auditoria SEO

1. Discovery Session

A discovery session, também conhecida como briefing, tem como finalidade coletar o máximo de informações possíveis sobre o novo cliente. O processo pode ser feito via call ou reunião presencial.

Antes dessa reunião inicial é enviado um questionário (discovery document) para que o cliente preencha antes da reunião. Tais informações irão nortear todo o processo de auditoria e planejamento.

Procure incluir perguntas do tipo:

  1. Quais os objetivos de negócio?
  2. Como o SEO pode ajudar?
  3. Principais concorrentes (muito importante)
  4. Quais são os diferenciais dos produtos e/ou serviços (proposta de valor)
  5. Palavras que desejam obter um bom posicionamento
  6. Se o site já foi otimizado anteriormente.
  7. Quais os pontos fracos ou deficiências

Enfim, acho que já deu para ter uma ideia do nível de informações que devem coletar.

2. Solicitação de Acessos: “Sem dados não há argumentos”

Auditar um site sem saber qual a representatividade do tráfego de pesquisa orgânica, sem conhecimento dos possíveis problemas de rastreamento ou sem entender as limitações do CMS é como dar um tiro no escuro.

Portanto, é de suma importância solicitar os seguintes acessos:

  1. Google Analytics
  2. Google Search Console
  3. CMS ou Plataforma de e-commerce
  4. Logs do Servidor (não é bem um acesso mas é importante para análises de rastreabilidade)

3. Análises essenciais de uma Auditoria SEO

Com todas as informações e acessos em mãos, já temos tudo que precisamos para iniciar as análises e consequentemente as sugestões de melhorias.

O processo analítico dará origem a estrutura do relatório da auditoria. Portanto, é importante estabelecer uma sequência lógica de análises para que não só o relatório, mas a apresentação faça sentido.

O cenário atual sempre vem primeiro, na sequência análises dos concorrentes, logo após análises técnicas seguidas das análises on-page, curadoria de conteúdo e para fechar as análises off-page.

O que analisar em cada seção?

A seguir sugestões de análises para cada seção da uma Auditoria SEO

Cenário Atual

  • Google Analytic Setup (caso necessário)
  • Google Analytics: principais fontes de tráfego
  • Google Analytics: tráfego por dispositivo
  • Google Analytics: Conversões
  • Google Analytics: Tráfego Orgânico “From visits to conversions”
  • Google Analytics: User Behaviour Signals
  • Google Analytics: Integração com Search Console
  • Search Console Setup (caso necessário)
  • Search Console: Cobertura do Índice (antigo erros de rastreamento)
  • Search Console: Performance
  • Search Console: Sitemap.xml
  • SEMrush: Análise de Domínio
  • SEMrush: Pesquisa Orgânica

Análise de Concorrentes

  • Número Total de Palavras-chave ranqueadas
  • Origens de Tráfego (estimativas)
  • Estimativas de Tráfego Orgânico
  • Quantidade e Origem dos Links
  • Análise Avançada de Performance
  • Estratégias de Marketing de Conteúdo
  • Semrush: Organic Visibility (# de palavras bem posicionadas)

Análises Técnicas de SEO

  • Acesso dos bots: Todas versões do cache
  • Acesso dos bots: buscar como Google
  • Acesso dos bots: Robots.txt e Sitemaps
  • Acesso dos bots: Navegação e Arquitetura
  • Acesso dos bots: Logs do Servidor (Crawl Rate Optimisation)
  • Código Fonte: Estrutura e Semântica
  • Código Fonte: Estrutura de Heading Tags
  • Código Fonte: Dados Estruturados (schema.org)
  • Código Fonte: CSS e JS
  • Análise do CMS “quais a possibilidades de otimização?”
  • Segurança: HTTPS/SSL
  • Black Hat analysis

E otras cositas más …

Análise de UX e Acessibilidade

  • Instalação do Hotjar (Heatmaps e Recordings)
  • Compatibilidade com dispositivos móvies (Mobile Friendly)
  • Experiência em dispositivos móveis
  • Navegação (menus, breadcrumbs, footer links, etc)
  • Performance: tempo de carregamento mobile
  • Análise de Acessibilidade

E otras cositas más …

Análises On-page

  • Titles e Meta Descriptions
  • Estrutura de Heading Tags
  • Conteúdo textual
  • Otimização de Imagens
  • Estrutura de URLs
  • Curadoria de conteúdo (Google Panda)
  • Análise de Autoridade (Google Medic Update & E-A-T)

Análises Off-page

  • Análise quantitativa e qualitativa de backlinks (SEMRUSH / Majestic / Link Detox)
  • Origem dos backlinks
  • Validação de estratégias utilizadas previamente (Penguin Update)
  • Sugestão de Novas Estratégias

4. Projeções de Crescimento e Metas

As projeções de crescimento e metas são definidas com base nos seguintes indicadores de performance:

  • Volume total de pesquisas de um determinado grupo de palavras-chave
  • Posicionamento médio desse grupo de palavras-chave
  • Tráfego de Head Tail + Long Tail
  • CTR médio por posição orgânica
  • Ticket Médio (tráfego orgânico)
  • Taxa de Conversão (tráfego orgânico)

Para mais detalhes sugiro que leiam: Como fazer projeção de crescimento do tráfego orgânico.

5. Planejamento Estratégico e Tático a.k.a Plano de Ação

Um dos objetivos mais importantes da auditoria é dar origem ao planejamento estratégico e tático de um projeto de SEO.

Razão pela qual cada ponto auditado deve ser explicado, analisando para então serem propostas as melhorias.

Primeiro elabora-se as estratégias para então definir-se a execução. Geralmente, o plano tático só é definido após a apresentação do relatório final a Auditoria SEO.

Para a priorização das tarefas utilizamos uma metodologia que avalia o impacto de uma otimização nos resultados orgânicos e a complexidade de implementação. Por exemplo, uma tarefa de alto impacto e baixa complexidade de implementação é classificada com alta prioridade.

6. Confecção do Relatório Final

Antes de estruturar o relatório é preciso definir qual ferramenta utilizar. Como todo o processo é dividido entre diferentes diferentes áreas é recomendado utilizar uma ferramenta colaborativa do tipo Google Docs ou Google Slides.

Na Hedgehog preferimos utilizar o Google Slides, pois já temos um template para cada área, o que facilita a unificação do documento final.

Utilize como base a sequência de análises sugerida previamente e adicione uma introdução, às projeções de crescimento e feche com o plano de ação.

7. Apresentação e Entrega do Relatório

A apresentação pode ser feita presencialmente ou via conference call. Particularmente eu prefiro fazê-la presencialmente pois fica mais fácil de esclarecer dúvidas e entender melhor possíveis limitações do cliente.

É importante que todos os stakeholders do projeto participem. Fazer uma apresentação de Auditoria SEO apenas para o gerente de marketing é deixa-lo entediado por algumas horas, principalmente na parte técnica.

Portanto, garanta que sempre haja um membro de equipe de desenvolvimento, um do marketing, da assessoria de imprensa e claro, os tomadores de decisão. É para eles que criamos a seção de projeção de crescimento e metas. 😉

Conclusão

Independente de como conduza seu projeto de otimização de sites, é altamente recomendado que comece auditando não só o site em questão mas a concorrência, o nicho de mercado entre outros fatores previamente mencionados nesse artigo.

Com as análises em mãos fica muito mais fácil de definir as estratégia e táticas, assim como, as metas de um projeto de SEO.

E acima de tudo alinhar expectativas com o cliente.

O que achou do artigo? Gostou? Então curta ou compartilhe e faça com que mais pessoas tenham acesso a este conteúdo.

Gostaria de complementar ou compartilhar uma técnica não mencionada nele? Sinta-se à vontade para utilizar os comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário sobre “Como fazer uma Auditoria SEO de Alto Nível em Apenas 7 passos”